Foi presa mulher que matou o universitário

0

A carateca e jogadora de basquete Scarleth Lira Maia Gomes, 18 anos, que participou do latrocínio do universitário Itamar Ferreira Souza, foi presa novamente, na manhã desta sexta-feira (10), por investigadores da 3ª Delegacia de Homicídios (Baía de Todos os Santos), em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela 15ª Vara Criminal, quando caminhava pela Sete Portas.

Publicidade

Capturada três dias depois do crime – ocorrido na noite do dia 12 de abril, no Campo Grande – pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Scarleth foi liberada mediante pagamento de fiança. Interrogada, na ocasião pela delegada Simone Moutinho, titular da 3ª DH/BTS, negou participação na morte do estudante.

Segundo investigações, acompanhada de Ricardo Hohlennerger Santos, o “Lerdinho”, 25, de um adolescente de 17 anos e de um homem identificado como “Índio”, ainda foragido, ela agrediu Itamar e o eletricista Edmílson dos Santos de Oliveira, 42, a socos e pedradas, depois que os dois saíram de um bar no Beco dos Artistas, no Garcia.

Scarleth foi encaminhada ao presídio feminino, na Mata Escura, onde permanecerá à disposição à Justiça, Ricardo está custodiado no Complexo Policial dos Barris, enquanto o adolescente apreendido foi entregue ao Juizado da Infância e Adolescência.  O corpo de Itamar foi encontrado dentro da fonte do Campo Grande, no dia 13 de abril.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here