Golpista comprava lotes de smartphones

0

No momento em que buscava, na terça-feira (28), numa transportadora de carga, uma remessa de smartphones adquirida com documentos falsificados, o estelionatário Daniel Reis de França, 45 anos, foi preso em flagrante por investigadores da Delegacia de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes (Dreof).

Monitorado há algumas semanas, Daniel comprava eletroeletrônicos pela internet, utilizando dados de diversas empresas, surpreendidas com o recebimento de faturas de produtos não encomendados por elas.

Segundo o delegado Oscar Neto, titular da Dreof, Daniel comprou os celulares, avaliados em R$ 8 mil, com documentos referentes a uma panificadora e foi retirá-los na transportadora passando-se por um representante de empresa. O falsário também estava de posse de RGs em nome de terceiros e contratos sociais de diversas empresas.

Com passagens anteriores pela polícia por estelionato, foi autuado em flagrante e ficará à disposição da Justiça na carceragem do Complexo Policial da Baixa do Fiscal. Os smartphones apreendidos, de diversas marcas e modelos, foram devolvidos à transportadora.

Peças falsas

Mais de mil peças de roupas de grifes famosas, contrabandeadas da China, foram apreendidas por investigadores da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Feira), num imóvel localizado no bairro Chácara São Cosme, em Feira de Santana. Uma denúncia anônima, encaminhada a polícia, informava sobre a intensa movimentação de estrangeiros na casa, o que chamou a atenção dos vizinhos.

As roupas, com etiquetas da Hugo Boss, Tommy Hilfiger, Giorgio Armani, Calvin Klein, Ferrari, Polo, Lacoste e Dudalina, pertenciam ao chinês Dachuw Wang, que disse ter alugado o imóvel apenas para guardar a mercadoria. Wang foi encaminhado à delegacia e autuado em flagrante por contrabando e descaminho, sendo liberado após pagamento do fiança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here