Incra-BA lamenta morte de líder agrário e pede celeridade na apuração do crime

0

A superintendência regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária na Bahia (Incra-BA) lamentou a morte do líder do Assentamento Ipiranga, Juraci Santana, nesta segunda-feira(10), no município de Una, no litoral sul do estado. O superintendente Gugé Fernandes solicitou às ouvidorias agrárias Regional e Nacional que acionem as polícias Federal e Civil para pedir rapidez na apuração dos fatos. O Incra aguarda o fim das investigações pelos órgãos do sistema de Justiça e a devida responsabilização dos culpados pelo crime. Segundo o comunicado, desde a manhã desta terça-feira (11), o instituto mantém contato com a família da vítima e presta auxílio, dentro das possibilidades da autarquia. Moradores da região realizaram protesto na BR-101 contra a morte do líder local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here