Produtor de eventos usava carro roubado

0

O produtor de eventos Fabrício Ferreira da Silva, o “Fabrício Escobar”, 27 anos, acusado de tentar assassinar a tiros Deivison Silva Gomes, em novembro de 2012, foi preso, na segunda-feira (13), por investigadores da 10ª Delegacia Territorial (Pau da Lima), em casa, no bairro de Cajazeiras. Em seu poder foram apreendidos um veículo Crossfox, cor cinza, com restrição de roubo, um notebook e seis modens.

Segundo o titular da 10ª DT, delegado Carlos Habib, um minucioso trabalho investigativo, realizado desde a data do crime, indicou que Fabrício Escobar e Deivison mantinham uma rixa antiga. Além disso, testemunhas apontaram Escobar como autor do crime. “A princípio, ele negou a tentativa de homicídio, mas acabou confessando a autoria, afirmando que vinha sofrendo ameaças por parte da vítima”, ressaltou Habib.

Embora admitisse que não produzia um evento há vários meses, revelou que, em janeiro deste ano, adquiriu por R$ 6 mil um Crossfox, avaliado em R$ 28 mil, em mãos de um amigo identificado pelo prenome de Paulo, morador de Feira de Santana. Escobar garantiu ainda que perdeu o contato com o vendedor, que também lhe emprestara o revólver calibre 38, usado para tentar matar o desafeto.

Ele foi autuado em flagrante por prática de receptação e indiciado pela tentativa de homicídio, permanecendo custodiado na carceragem da 10ª DT, à disposição da Justiça. O notebook e os modens apreendidos serão periciados no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Já o Crossfox foi entregue à empresa seguradora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here