Redução de 20% no índice de homicídios

0

Nos quatro primeiros meses do ano, houve em Vitória da Conquista uma redução de 20% no índice de homicídios, em comparação ao primeiro quadrimestre de 2012.  As 63 ocorrências registradas entre janeiro e abril do ano passado caíram para 50 no mesmo período em 2013, informou, nesta terça-feira (21), o delegado Neuberto Costa, titular da Delegacia de Homicídios local, salientando que o índice mensal de elucidação desses crimes tem chegado a 80%.

“Comparando-se abril de 2013 (oito assassinatos) com o mesmo mês em 2012 (15 ocorrências), a redução é ainda mais expressiva, atingindo 47%”, revelou o titular da DH, que relaciona a queda dos homicídios na região às operações conjuntas realizadas pelas polícias Civil e Militar, visando ao cumprimento de mandados de prisão, identificação, localização e captura de homicidas e de mandantes dos delitos.

A notícia continua após esta Publicidade

O mapeamento geográfico é também, na avaliação de Neuberto Costa, outra ferramenta importante para o combate à criminalidade e na prevenção à violência no município. A estratégia consiste em deslocar um maior efetivo policial para as áreas de maior atuação do tráfico de drogas, onde ocorrem mais homicídios, como apontam as estatísticas. Equipes da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Vitória da Conquista), das delegacias de Homicídio (DH) e de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), do Grupo de Apoio Tático (GAT), das 77ª e 78ª Companhias Independentes de Polícia Militar e da CIPE/Sudoeste atuam nas operações conjuntas.

O Serviço de Investigação em Local de Crime (SILC), implantado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) com o objetivo de ampliar a elucidação de delitos, como estabelece o Programa Pacto pela Vida, também tem contribuído para a queda de ocorrências em Conquista. “A equipe do SILC é uma das primeiras a chegar ao local do crime, para investigar e descobrir a autoria, após o isolamento da área feito pela Polícia Militar”, disse o delegado.

Ao identificar os autores de homicídios na região, a DH/Conquista os indicia em inquérito policial e solicita a prisão preventiva. Quando há adolescentes envolvidos, são apreendidos e encaminhados para cumprimento de medidas sócioeducativas, em estabelecimentos apropriados. Presidiários que ordenam assassinatos de dentro do Presídio Nilton Gonçalves também são indiciados e transferidos para presídios de segurança máxima, mediante autorização judicial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here