Seleção joga hoje contra o México em Fortaleza

0

O medo das contusões chegou ao Brasil. Até então livre de problemas físicos, diferentemente da maioria das favoritas, como Alemanha, Itália e França, a Seleção tem chance de perder Hulk, com dores na coxa, contra o México.

No coletivo de domingo, na Granja Comary, quando o atacante sentiu, o meia Ramires virou titular. O exame de ressonância magnética não constatou lesão muscular, informou a assessoria da CBF. Contudo, Hulk permaneceu no hotel para fazer fisioterapia e foi o único dos 23 convocados a não participar do treino no Castelão, ontem à tarde.

Ramires treinou na vaga de Hulk e é o mais cotado para substituir o atacante, com lesão na coxa esquerda (Foto: Bruno Domingos / Mowa Press)
Ramires treinou na vaga de Hulk e é o mais cotado para substituir o atacante, com lesão na coxa esquerda (Foto: Bruno Domingos / Mowa Press)

A atividade teve apenas os 15 minutos iniciais abertos para a imprensa, algo inédito nesta Copa. “Seria, se acontecer dele ficar fora, uma grande perda para a gente, mas Felipão fez a lista de 23 jogadores e todos têm condição de jogar. Ele pode fechar o olho e escolher: Bernard, Willian, Ramires…”, enumerou o capitão Thiago Silva. “Claro que a gente fica triste se perder um jogador por lesão. Para um jogador, lesão em Copa do Mundo… Fica abatido”, admitiu.

Sem pistas Luiz Felipe Scolari, porém, não deu indícios do que pretende fazer caso o veto se confirme. “Thiago já escolheu”, brincou o técnico, focando mais na parte tática. “Perco, se houver essa dificuldade com o Hulk, o sistema total que viemos jogando e ele se posiciona pelo lado esquerdo ou direito. Os (jogadores) que tenho com qualidades diferentes podem acrescentar coisas diferentes. Velocidade, marcação forte ou mudança de posicionamento contra o México”, analisou.

A última partida sem Hulk como titular aconteceu na goleada por 5×0 diante de Honduras, em 16 de novembro do ano passado. Bernard, autor de um gol, ficou com a vaga. Mas o México é visto como adversário mais complicado e dono de melhor poder de marcação, características que justificariam a entrada de Ramires entre os 11 iniciais. É esperar para ver.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here