19 feridos em acidente de ônibus na BR-101 continuam internados

0

Cinco das dez pessoas que morreram na madrugada da quarta-feira (15) em um acidente de ônibus na BR-101, no extremo-sul baiano, serão enterrados no estado do Espírito Santo. Os outros corpos foram levados para a região onde aconteceu a tragédia.

Dos 22 feridos que estavam no ônibus, 19 estão continuam internados. Catorze deles estão no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas. “Houve três cirurgias e após as cirurgias os pacientes foram deslocados. Aqueles que permaneceram aqui estão sob observação”, disse à TV Bahia o diretor do hospital, Veriato Luiz.

RTEmagicC_620ae01e20.jpg

Os três feridos que passaram por cirurgia ortopédica foram levados para um hospital particular da cidade, onde estão na UTI com quadro grave, mas estável. Eles não têm previsão de alta. No mesmo hospital, estão outros dois feridos do acidente.

Um ônibus da empresa Águia Branca capotou após a Curva da Tarifa e caiu em uma ribanceira por volta de 5h20. Nove pessoas morreram no local, incluindo o motorista Maurício de Souza, 45 anos. A décima pessoa morreu em um hospital. O veículo havia saído de Vitória (ES) às 23h de ontem e seguia para a cidade de Itamaraju.

Vítimas
As dez vítimas já foram identificadas.O último corpo não reconhecido entre as vítimas fatais foi identificado como sendo de Eduardo da Silva, 42 anos, por colegas de trabalho. Ele seguia de Linhares para a cidade de Prado.

O motorista Maurício de Souza, 34 anos, trabalhava na Águia Branca há 4 anos. A polícia desconfia que ele perdeu o controle da direção ao cochilar. Ele morreu no local do acidente. O aposentado Elson de Oliveira, 70 anos, de Cachoeira de Itapermirim (ES), morreu com múltiplas fraturas no corpo. A também aposentada Maria Francisaca dos Santos, 76 anos, moradora de Itamaraju, morreu com fortes golpes na cabeça. Outra aposentada, Maria Isabel Marques de Bertolli, que morava em Vitória, morreu com lesões na cabeça e no pescoço. Ela viajava com o marido, Belmiro de Bertolli, 82 anos, para visitar os filhos em Prado. O marido ficou ferido e está internado.

Outra vítima fatal, Joselita Maria de Jesus, 63 anos, morava em Serra e viajava para Itamaraju. Edna Oliveira Silva, 41 anos, morava em Itamaraju e voltava de uma visita à filha, que vive em Vitória. Ela morreu por conta de graves ferimentos na cabeça. A professora Dalva Rodrigues Cacique, 68 anos, chegou a ser socorrida para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, onde morreu horas depois de dar entrada. O corpo dela foi velado em Teixeira de Freitas. Ela veio dos EUA, onde morava há 30 anos, para visitar a família no Dia das Mães.

Também estão entre as vítimas fatais Cosma de Jesus, 34 anos, Vera Lúcia Alexandrina Macedo, 45 anos, e o último identificado, o fotógrafo Eduardo da Silva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here