Acidente com ônibus da Águia Branca deixa 10 mortos no Sul da Bahia

0

Morreu no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia, uma mulher que ficou ferida no acidente ocorrido no início da manhã desta quarta-feira (15), na BR-101, no sul da Bahia. Ela chegou ao hospital sem documentos e ainda não foi identificada. Outras 20 pessoas estão internadas na unidade hospitalar, entre elas uma criança de dois anos que está fora de perigo.
RTEmagicC_620ae01e20.jpg
Um ônibus da empresa Águia Branca capotou após a Curva da Tarifa e caiu em uma ribanceira por volta de 5h20. Nove pessoas morreram no local, incluindo o motorista Maurício de Souza, 34 anos. O veículo havia saído de Vitória (ES) às 23h de ontem e seguia para a cidade de Itamaraju.

O acidente ocorreu no km 895, entre os municípios de Teixeira de Freitas e Caravelas. Faltavam 94 quilômetros para o ônibus chegar ao destino final. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acredita que a neblina na pista provocou o grave acidente.

Os corpos das vítimas estão no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Os nomes delas ainda não foram divulgados.

O ônibus envolvido no acidente tem a placa ODF 8294, fabricado em 2011, modelo 2012, e possui ocupação máxima de 46 lugares.
RTEmagicC_9587fd026b.jpg
Em nota, a Viação Águia Branca informa que o ônibus saiu de Vitória com 27 passageiros. Em Linhares (ES), foram embarcados outros quatro passageiros e dois desembarcaram na cidade de São Mateus (ES).

Segundo a empresa, o motorista passou pelo teste de vigília e bafômetro, antes de sair com o ônibus da garagem da empresa e “o resultado garante que esteja alerta para iniciar a viagem”.

Ainda de acordo com Águia Branca, o veículo possui GPS, além do sistema de telemetria, que permite o monitoramento da “condução dos ônibus dentro do limite de velocidade considerado seguro para cada trecho do percurso”.

Na nota, a empresa “lamenta a morte de seu funcionário e dos passageiros e informa que está prestando toda a assistência aos familiares e vítimas do acidente em atendimento no hospital”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here