Assaltantes matam guarda e atropelam delegado

1

Imagens da perseguição ao grupo que assaltou o Banco do Brasil de Serra do Ramalho, a 845 km de Salvador, na manhã desta quinta-feira (4), ajudarão a polícia a identificar os cinco assaltantes.

Em um veículo Agile, uma equipe formada por um policial civil, dois guardas municipais e um morador iniciou a perseguição logo após o assalto e registrou tudo com um câmera. Quando perceberam que estavam sendo filmados, os criminosos desceram do Corolla, cor preta, e atiraram contra a equipe.

O guarda municipal Adelson Pereira da Silva foi baleado e morreu no local. O policial Wilian Andres e o guarda Jailson Rodrigues também foram atingidos, ambos na boca.

O delegado Marco Antônio, titular da cidade, seguia logo atrás em um outro veículo. “Eu não sabia que a equipe estava na frente. Eles (os assaltantes) iam finalizar o policial e os guardas. Quando viram que eu estava com fuzil, atiraram e partiram para cima de mim com o carro, que é blindado. Três estavam na estrada para finalizar”, diz o delegado.

O delegado estava escondido em um matagal próximo à estrada. Ele teve uma das pernas atingida pelas rodas do Corolla: “pegou na perna e no joelho, mas não foi nada grave. Daqui a pouco vou para o hospital porque está um pouco inchado”. 

Após atropelar o delegado, os cinco assaltantes fugiram a pé pelo matagal com o dinheiro do assalto. Os policiais baleados foram socorridos para um hospital em Barreiras. Não há informações sobre o estado de saúde deles.

A agência do Banco do Brasil de Serra do Ramalho já havia sido assaltada em outubro do ano passado e em fevereiro deste ano. A quantia levada desta vez não foi divulgada pelo banco.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here