Bahia leva 3 do Paysandu e precisa golear em Pituaçu para seguir na Copa do Brasil

0

O Bahia perdeu por 3 a 0 na noite desta quarta-feira (15) para o Paysandu, em Belém, na partida de ida pela terceira fase da Copa do Brasil. A partida de volta acontece na quarta-feira (22) em Pituaçu. O time tricolor dominou boa parte da partida, mas teve dificuldades em fazer o gol e em um “cochilo” de quatro minutos viu o Papão marcar duas vezes, se complicando na competição. A arbitragem ainda marcou um pênalti no final da partida, com o placar finalizando em 3 a 0.

O Bahia começou à vontade, mostrando que não sentia a pressão de jogar fora, mas foi o Paysandu quem teve a primeira chance de mais perigo. Aos 10 minutos, depois de cruzamento na área Adriano cabeceou para tentar cortar e acabou mandando na trave, quase marcando contra. No rebote, Douglas Pires defendeu chute forte, salvando o tricolor. O Bahia tentou responder com João Paulo. Yuri roubou a bola e deu belo passe para o colega, que chutou forte e viu Emerson fazer boa defesa.


RTEmagicC_bapay.jpg
O tricolor tomou conta do primeiro tempo. Marcando bem e não permitindo grandes chances ao Paysandu, chegava muito à frente, mas tinha dificuldades de finalizar. Aos 25 minutos, uma boa chance em cobrança de falta de Tiago Real, que surpreendeu e mandou direto pro gol, acertando a trave. Minutos depois, Tiago cobrou escanteio e Jailton, de cabeça, assustou.

Aos 37 minutos, João Paulo invadiu a área e caiu, reclamando de pênalti, mas o juiz mandou seguir. Aos 40, ele recebeu boa bola na frente do gol e acabou chutando muito forte, isolando.

Segundo tempo de gols
No segundo tempo, o Paysandu mudou com a entrada de Jhonnatan pelo meio, marcando melhor e complicando a vida do Bahia. A melhor chance do início foi de Jacó, que invadiu a área, mas chutou fraco e viu Emerson ficar com a bola.

Quem não faz… O atacante Misael, que entrou no lugar do volante Ricardo Capanema, abriu o placar para o time da casa. Carlinhos lançou para Misael, na direita, correr, ganhar de Patric e ter a calma para chutar e mandar para o fundo das redes. No lance seguinte, Misael recebeu nova bola pela direita, invadiu a área já chutando e Douglas Pires fez boa defesa evitando o segundo gol do Papão. Mas no escanteio que se seguiu, uma jogada muito conhecida da torcida do Bahia: cobrança, o ex-tricolor Fahel subiu cabeceando e gol do Paysandu.

Perdendo, o Bahia começou a ser pressionado. Souza entrou no lugar de João Paulo. Aos 29, o zagueiro Gualberto, do Paysandu, fez falta dura e levou vermelho direto. Mesmo com um a mais, o Bahia não conseguia criar chances de gol. Aos 38 minutos, o juiz viu toque de mão de Jailton e marcou pênalti para o Paysandu. Pikachu cobrou e fechou o placar, fazendo 3 a 0.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here