Bancários rejeitam oferta da Fenaban e greve continua

0

O Comando Nacional dos Bancários rejeitou a proposta de reajuste salarial de 7,1% oferecida pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) na tarde desta sexta-feira, 04. A entidade afirma que a greve vai continuar.

O Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), avaliou que a proposta de reajuste de 7,1%, oferecida pela Fenaban, é muito baixa. “A proposta da Fenaban foi uma decepção. O lucro dos bancos está em torno de R$ 60 bilhões, de acordo com o relatório do Banco Central. E eles nos oferecem menos de 1% (de reajuste real)”, afirmou o presidente da Contraf-CUT, Carlos Cordeiro.

greve1

A notícia continua após esta Publicidade

“Rejeitamos e vamos orientar nossos sindicatos a fortalecer a greve para ver se a Fenaban melhora a proposta em mesa”, disse o presidente da Contraf, Carlos Cordeiro.

Foi a primeira oferta desde o início da greve, no dia 19 de setembro. A paralisação completa hoje 16 dias. Na Bahia, mais de 800 agências estão fechadas, segundo o sindicato local.

Na Bahia, a categoria se reúne na segunda para decidir os rumos da paralisação na Bahia. Em nota, o sindicato na Bahia afirma que a orientação é para que a proposta seja recusada na assembleia de segunda, mas desde já ele se manifesta contrariamente por entender que o reajuste oferecido pela Fenaban “ainda é pouco”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here