Buscas por desaparecidos em rio são suspensas por causa do mau tempo

0

Nenhum dos cinco desaparecidos do naufrágio de uma embarcação, ocorrido na noite de terça-feira (29), no Rio São Francisco, foram encontrados nesta quarta-feira (30). O incidente também resultou na morte de uma criança. Nesta tarde, a Marinha decidiu interromper as buscas, por conta do mau tempo.

De acordo com o capitão Cláudio da Conceição, da Marinha de Juazeiro, o clima chuvoso e o aumento na velocidade do vento prejudicaram a continuidade do trabalho. “A visibilidade é difícil porque a água é turva.O vento aumentou. Tem ondas de aproxidamente dois metros. É perigoso, não está nem propício para fazer uma busca com segurança”, explica.

unnamed_4

Ainda segundo o capitão, na manhã de quinta-feira (1), outra equipe da Marinha chegará à cidade para ajudar nas buscas, que ainda vai contar com o Corpo de Bombeiros deJuazeiro. Mergulhadores do Corpo de Bombeiros também participaram da operação nesta quarta.

Caso
Uma embarcação que fazia a travessia com 40 pessoas a bordo, entre as cidades de Remanso e Sento Sé, região norte da Bahia, afundou no Lago do Sobradinho, no Rio São Francisco, na noite de terça-feira (29).

De acordo com informações da Marinha, o acidente aconteceu por volta das 18h, quando a embarcação “Travessia do Mar Vermelho” transportava os passageiros a 200 km de Juazeiro e a 641 km de Salvador.

 

“Embarcações que estavam próximas ao local conseguiram resgatar 34 pessoas com vida e o corpo de um dos passageiros, ainda sem identificação”, afirma a nota oficial enviada pelo Comando do 2º Distrito Naval  às 10h15 desta quarta-feira.

Durante a madrugada, uma equipe de Inspeção Naval da Agência Fluvial de Juazeiro foi enviada à localidade e, desde o amanhecer, realiza buscas na área, com apoio de embarcações locais.

Uma equipe da Capitania dos Portos da Bahia sairá de Salvador, ainda na manhã desta quarta-feira, para reforçar as buscas na localidade de Sento Sé, que contarão também com o auxílio de uma embarcação e dois mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Juazeiro.

Segundo informações da Marinha, a embarcação era inscrita na Agência Fluvial de Juazeiro e tinha capacidade para transportar 54 passageiros e 3 tripulantes. Um Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), cujo prazo de conclusão é de 90 dias, foi instaurado para apurar as causas e responsabilidades pelo ocorrido”.

Segundo a polícia, as pessoas que foram resgatadas logo após o naufrágio foram levadas ao Hospital Doutor Heitor Sento Sé. Em contato na manhã desta quarta-feira, a delegacia disse que todas elas foram liberadas, inclusive uma idosa que passou por cirurgia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here