Caso Neylton: julgamento dos acusados começa nesta quinta

0

Em 6 de janeiro de 2007, um crime chocou a capital baiana. O servidor Nelton Souto da Silveira, foi brutalmente assassinado dentro da Secretaria de Saúde do município, localizada no bairro do Comércio. Após 48 horas desaparecido, o corpo foi encontrado por familiares e pela polícia no pátio do órgão com marcas de espancamento.

Publicidade

Nesta quinta-feira (17), após cinco anos do crime, os vigilantes Josemar dos Santos e Jair Barbosa da Conceição, acusados pela morte do servidor, irão a júri popular.
Os dois acusados foram denunciados pelo Ministério Público por homicídio duplamente qualificado (por uso de meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima).

O julgamento está marcado para começar às 8h, no Fórum Ruy Barbosa, com previsão de dois dias de duração, será presidido pelo juiz Cássio Miranda.

Aglaé Amaral Sousa, ex-subsecretária municipal de Saúde, e a consultora técnica Tânia Maria Pimentel Pedroso foram acusadas de serem as mandantes do crime, mas, por decisão do juiz da 1ª Vara do Júri, em julho de 2008, não serão submetidas a julgamento popular.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here