Casos da síndrome de Guillain-Barré é registrado em Iaçu

0

Um novo caso de síndrome de Guillain-Barré foi confirmado nesta sexta-feira (10), em Feira de Santana, a 109 quilômetros de Salvador. De acordo com a assessoria do Hospital Geral Clériston Andrade (Hgca), o pedreiro Josiel Lima de Sá, 37 anos, foi diagnosticado com a doença.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) informou que os casos são atualizados à medida que os boletins são repassados pela Vigilância Epidemiológica. Como uma nova lista não foi enviada à secretaria, os casos do pedreiro e da menina de 7 anos, ambos registrados em Feira de Santana, não constam na lista divulgada pela pasta dos 55 casos confirmados na Bahia.


iacuAlém de Salvador, outros 17 municípios já identificaram a doença: Alcobaça, Candido Sales, Camaçari, Camamu, Iaçu, Ibicuí,Irará, Itabuna, Itajuípe, Jequié,  Monte Santo, Mutuípe, São Sebastião do Passé, Serrolândia, Serrinha, Tanquinho.
Outros casos
Uma criança de sete anos que está internada no Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana, desde o último dia 1º de julho também foi diagnosticada com a síndrome. No entanto, a menina permanece sob cuidados médicos e ainda não tem previsão de alta.

Entre os 55 casos registrados até a quarta-feira (8) está o de uma mulher de 26 anos, que morreu pela doença no dia 12 de junho. Ela estava internada no Hospital Teresa de Lisieux, em Salvador, desde que apresentou os sintomas no dia 20 de maio. A identidade dela não foi divulgada.

A doença também já foi identificada em outros 17 municípios além de Salvador. A síndrome de Guillain-Barré é uma doença autoimune provocada por uma reação de defesa do organismo a um vírus. Em alguns casos, essa reação acaba atacando o próprio organismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here