Chuva alaga estação de metrô em Salvador menos de um mês após a inauguração

0

Menos de um mês após a inauguração do metrô, aberta oficialmente no última dia 11 de junho, a primeira forte chuva que atingiu Salvador nos últimos dias alagou uma das estações do transporte. Segundo a professora Rosa Vilas Bôas, o registro foi feito na última quinta-feira (26) após um passeio para mostrar a sobrinha o metrô da cidade, com o trajeto Acesso Norte-Campo da Pólvora – ida e volta.

De acordo com Rosa, o alagamento aconteceu na estação, que fica ao lado do shopping Bella Vista. “Eu e minha sobrinha embarcamos na estação e fomos até a Lapa. Não estava chovendo no local, mas o tempo está fechado e prometendo. Na volta chovia muito na região do acesso norte. Assim que desembarcamos a estação estava completamente alagada”, contou.

salvador

Ainda de acordo com a internauta, funcionários que não eram da limpeza tentavam exaustivamente retirar a água que descia pelas telhas da estação. “Bombeiro civil, funcionários engravatados, todos que fazem parte do transporte tentavam retirar a água, sem sucesso. Cheguei a ser reprimida por um dos funcionários quando tentei tirar a foto. Ele me advertiu de que eu estaria avisada sobre a proibição de tirar foto da situação. Me senti ameaçada. Esperei 15 anos para a inauguração e não consigo acreditar que não teve uma equipe de engenharia, ou de qualquer outro setor responsável, que não pensou em algum proteção para momentos como esse”, disse.

Em nota,o grupo CCR Metrô Bahia, empresa concessionária do Sistema Metroviário de Salvador, informou que o temporal com fortes rajadas de vento e chuva, ocorrido na tarde de 26 de junho, causou o acúmulo de água no piso do segundo andar do Terminal Acesso Norte. E que a equipe técnica da concessionária já está trabalhando para buscar soluções para situações extraordinárias como essa, com o objetivo de prevenir incômodos futuros aos usuários.

Para o funcionamento do transporte, foram utilizados U$ 50 milhões, provenientes de financiamento do Banco do Brasil, para a compra de seis veículos de transporte fabricados na empresa coreana Rotem e fornecidos pela Mitsui & Co Ltd. Além dos R$ 8,7 milhões investidos pelo Governo do Estado da Bahia, o Governo Federal e a Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR Metrô Bahia) apenas na linha 1, que vai da Lapa ao Retiro.

O total de investimento no sistema, contabilizando a Linha 2 do metrô, vai chegar a R$ 3,6 bilhões – R$ 1,4 bilhão da concessionária, R$ 1 bilhão do governo estadual e R$ 1,2 bilhão de recursos oriundos do governo federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here