Cidades atingidas pela seca gastam R$ 2 mi com festas juninas

1

Apesar da recomendação feita pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) para que os gastos com as festas de São João fossem drasticamente reduzidos em função da grave seca que atinge o estado, somente sete cidades cancelaram os festejos até o momento, segundo reportagem do A Tarde. Para exemplificar a tendência contrária, o jornal lista três municípios que, juntos, irão gastar quase R$ 2 milhões. De acordo com a matéria, as prefeituras de Campo Formoso, Senhor do Bonfim e Piritiba assinaram, entre fevereiro e abril deste ano, termos de inexigibilidade de licitação para contratar bandas em um valor total de R$ 1,98 milhão, o que corresponde a aproximadamente 20% dos R$ 10 milhões liberados pelo governo federal para os 161 municípios baianos em situação de emergência. Consultados, os prefeitos disseram que pretendem diminuir os valores e que irão atrás de mais patrocinadores. Já o presidente do TCM, Paulo Maracajá, lembrou que, em caso de gastos exagerados, a Corte acionará o Ministério Público para a tomada de medidas cabíveis.

1 COMENTÁRIO

  1. Mas a culpa é do povo, triste do prefeito que fizer uma festa mal feita o cara vai ser crucificado viso pela população
    O povo prefere morrer de cede doque não ter uma festa

    Ja vi casos do prefeito de uma cidade perguntar aos abitantes de uma distrito se eles queriam festa da padroeira ou a estrada de acesso ao povoado, o povo preferio a festa e passa mais dois anos sem estrada!

    O brasileiro é foda!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here