Confirmada 1ª morte por dengue hemorrágica em Itabuna

0

O Lacen (Laboratório Central) confirmou na segunda-feira (7) que uma garota do município de Itabuna, sul da Bahia, morreu por dengue hemorrágica, segundo informações da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). De acordo com a Secretaria, este é o 11º caso de morte por complicações da dengue no estado em 2012. Os outros óbitos foram registrados em Jacobina (2), Salvador (2), Conceição do Jacuípe (1), Guanambi (1), Jequié (2) e Camaçari (2).

A mãe da criança de nove anos conta que ela foi hospitalizada no dia 20 de abril deste ano, com sintomas como febre, dor de cabeça e vômito. “Ela já tinha sofrido dengue hemorrágica aos 6 anos, então fiquei com medo e procurei ajuda médica de imediato”, diz Cleilza de Sales Santos.

Ao chegar no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, um exame foi feito na criança para identificar a dengue. Segundo Cleilza, o resultado deu positivo e a garota começou a ser tratada com hidratação venosa, antibióticos e medicamentos sintomáticos. “No segundo dia eles eliminaram a possibilidade de dengue porque fizeram um segundo exame. Uma série de medicamentos foi administrada sem saberem o que ela tinha. Acredito que o quadro foi se agravando por ela não ter o tratamento necessário. Sinto indignação, eles foram negligentes”, avalia a mãe da garota.

A menina morreu na madrugada do dia 23 de abril, após um agravamento do quadro clínico, com o surgimento de crise convulsiva, segundo o relatório médico divulgado.

O Hospital Manoel Novaes informou em nota que “toda assistência médico-hospitalar protocolar para a sintomática foi prestada à paciente, registrando inclusive uma série de exames investigativos para tentativa de fechamento de um diagnóstico da patologia”. A unidade hospitalar também lamenta a morte da menina.

Itabuna está entre os municípios baianos com alto risco de transmissão de dengue, de acordo com o mapa de vulnerabilidade divulgado pela Sesab.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here