Cristiano Araújo teve cachê mais caro do São João de Salvador

0

Quem se surpreendeu com a popularidade do cantor sertanejo Cristiano Araújo, morto em acidente de carro na madrugada de quarta-feira, terá nova surpresa ao ver a lista dos maiores cachês pagos pela Bahiatursa para artistas que se apresentaram no São João do Pelourinho. Dos 88 contratos divulgados, ontem, pelo Diário Oficial do Estado, o de Cristiano Araújo liderou o ranking dos mais caros, junto com o da banda Aviões do Forró. Cada um custou R$ 200 mil aos cofres públicos. Apesar de novato no circuito de festas juninas do Nordeste, o goiano desbancou atrações que estão há décadas na vitrine ou que têm grande aceitação entre o público da capital. Casos da cantora Elba Ramalho e do cantor Saulo Fernandes, contratados por R$ 190 mil e
R$ 180 mil, respectivamente.


cristiano araujo morto
Atrás no páreo
Para efeito de comparação, o valor pago pela Bahiatursa para trazer Cristiano Araújo superou o de outras atrações que estão no topo da indústria junina. Sucessos nos maiores arrasta-pés nordestinos, as bandas Calcinha Preta, Cavaleiros do Forró e Estakazero receberam R$ 150 mil, R$ 130 mil e R$ 100 mil. O cantor, compositor e sanfoneiro Dogival Dantas, autor de dezenas de hits de São João, recebeu R$ 120 mil.

Invasão sertaneja
A relação dos contratos mais bem pagos também traz outros nomes e mostra o avanço dos sertanejos nos forrobodós da Bahia. Caso do cantor paraense Israel Novaes, integrante da mesma geração de Cristiano Araújo. Sua apresentação no Pelourinho custou R$ 120 mil, o dobro do que foi pago pelo show de Targino Gondim, compositor que tem no currículo um Grammy, em 2001, pelo álbum Esperando na Janela.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here