Gerente da Caixa acusado de racismo perde o cargo

1

Em reunião realizada ontem (28) com o superintendente da Caixa Econômica Federal de Salvador e Região Metropolitana, José Anselmo, e gerentes-gerais da capital, foi informado aos presentes que o gerente acusado de racismo perderia o seu cargo.

Segundo apurado pelo Metro1, o caso ainda está sendo investigado e ainda não foi decidido se João Paulo, que comandava a agência do Relógio de São Pedro, será realocado em outra função.

“Está confirmado. Os fatos ainda estão sendo apurados, mas já existe a confirmação da perda de cargo”, disse José Anselmo.

O autônomo Crispim Terral acusou João Paulo de racismo na última segunda-feira (25). O depoimento diz que ele recebeu um tratamento diferente dos outros por parte do gerente. No dia, Terral ainda foi interpelado por policiais militares.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here