Mecânico acusado de estuprar criança de 6 anos é preso em Feira de Santana

0

Acusado de estuprar uma menina de 6 anos de idade no dia 23 de dezembro de 2015, foi preso na última sexta-feira (12), em Feira de Santana, o mecânico José dos Santos, mais conhecido como “Zeinho”, 44 anos.

De acordo com a delegada Milena Calmon, titular da Delegacia para Adolescente Infrator (DAÍ/Derca), a prisão do acusado aconteceu após um período de investigação e cumprimento de mandado de prisão concedido pela Justiça.

“Ouvimos a mãe, iniciamos as investigações e ainda no curso das apurações eu representei pela prisão preventiva do acusado que foi prontamente concedia pela Justiça com parecer favorável também do Ministério Público. Após a expedição do mandado de prisão, o Serviço de Investigação da DAI cumpriu o mandado um dia depois e ele foi encontrado em Feira de Santana. Estava tranquilo e trabalhando”, relatou a delegada em entrevista ao portal Acorda Cidade.

95184-3

Segundo a delegada, o acusado é esposo da avó da criança e nega o crime. “Ele tinha este contato direto com a vítima porque a criança costumava a ir à casa da avó e de forma covarde ele se aproveitava disso. O que eu acho mais agravante neste caso é que o laudo confirmou a ruptura do hímem, ou seja, a criança foi desvirginada por este monstro”, afirmou Milena Calmon.

“Ele nega o crime, mas pelo fato de logo após a descoberta do estupro ele ter fugido e depois ter retornado tranquilamente, e mesmo negando, o que a gente tem nos autos, são provas suficientes de que ele praticou o crime e inclusive ele já foi preso anos atrás e responde por outro estupro de vulnerável. Ele é dado a prática de delito desta natureza. É um crime bárbaro, nojento, ele tinha contato com a criança, por várias vezes ela foi abusada e o hímem foi rompido, ainda que parcialmente, mas foi rompido, e temos provas. Ele teria praticado um crime da mesma natureza no passado e se ainda tivesse cumprindo a pena essa outra criança não teria se tornado mais uma vítima. É importante que ele fique preso por um bom tempo para que futuramente outras vítimas não sejam feitas por ele”, declarou a delegada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here