Paciente é morto a tiros dentro de ambulância em Feira de Santana

0

A esperança de ter sobrevivido a uma tentativa de morte durou pouco mais de 2 horas para Joselito de Jesus Marques, de 19 anos, morador na localidade de Largo, em Irará. Ele e outro jovem, ainda não identificado, foram raptados durante a madrugada e levados para uma estrada vicinal no distrito de Tiquaruçu, em Feira de Santana, próximo à divisa com o município de Santanópolis

No local, Joselito e a segunda vítima foram atingidas por tiros na cabeça, deflagradas por homens também não identificados.  Mesmo gravemente ferido, Joselito se fingiu de morto e, em seguida, conseguiu de desatar de um pano que o prendia, andou por cerca de um quilometro até ser socorrido para o Hospital Municipal de Santanópolis. A segunda vítima morreu no local.

IMG-20140514-WA0010

Devido à gravida dos ferimentos, o médico solicitou que uma ambulância do município levasse Joselito até o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, mas no meio do caminho, na estrada de Santanópolis, a ambulância foi interceptada por quatro homens em duas motocicletas que terminaram de lhe matar.

De acordo com o motorista da ambulância, Gilson Cerqueira Lima, os criminosos com armas em punho mandaram parar a ambulância que seguia em alta velocidade. “me mandaram parar , deitar no chão e ficar quieto, assim eu fiz e só ouvir os estampidos, logo depois fugiram sentido BR 116/Norte”, contou.

a-620x344

Motivação

De acordo com as informações da polícia, foram encontradas cerca de 3 gramas de cocaína no bolso de Joselito. A polícia acredita ainda, que as mortes tenham sidas motivadas por disputadas por tráfico de drogas, pois foram informadas que as vítimas tinham recebido uma quantidade de drogas a serem comercializadas. A Polícia Civil investigada as informações.

Perícia

O delegado plantonista da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), João Uzzon presidio o levantamento cadavérico e os corpos foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica. O delegado não informou se Joselito chegou a dizer quem teria praticado o crime.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here