Prefeitura de Feira de Santana divulga candidatos com redação aprovada em concurso para professor

0

A Prefeitura de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, divulgou a lista com os candidatos que tiveram redação aprovada no concurso para contratação de professores da rede municipal. O edital com o resultado foi publicado no Diário Oficial do município desta quinta-feira (1º). A lista pode ser acessada na internet.

O concurso foi realizado em setembro deste ano e contou com 11.897 candidatos inscritos, para um total de 100 vagas. A relação divulgada nesta quinta possue apenas os candidatos que atingiram a nota prevista para a prova, conforme subitem 13.3 do Edital de Abertura nº 001/2018 apontado pela prefeitura.

Além da lista, o candidato também pode consultar a nota individualmente no Boletim de Desempenho da Prova de Redação e a Folha da Versão Definitiva da Prova de Redação através do link disponível no site da empresa organizadora do certame. O prazo para a consulta é de até 60 (dias) dias, a contar da data de publicação do edital.

Quanto ao resultado divulgado da redação, segundo a prefeitura, caberá interposição de recurso, que deverá ser protocolado em formulário próprio, também disponível no site da organizadora, entre a meia-noite de 5 de novembro e 23h59 do dia 6, observado o horário oficial de Brasília.

Retificação

O resultado anterior do concurso foi retificado após investigação do Ministério Público da Bahia (MP-BA). O novo edital com a lista atualizada dos candidatos que puderam ter as redações corrigidas foi divulgado no dia 23 de outubro.

O MP instaurou um inquérito no dia 16. Conforme o órgão, a investigação foi iniciada após denúncias de candidatos, que apontavam que havia irregularidades no edital divulgado anteriormente.

Segundo o promotor de Justiça Tiago Quadros, candidatos classificados para a etapa de correção das redações ficaram simultaneamente na relação dos aprovados por cotas e por ampla concorrência, o que, segundo o MP, reduziu o número de professores com a possibilidade de serem aprovados.

Na época, além de abrir o inquérito, o MP realizou uma reunião com representantes do município, na qual foi acordada a adoção de medidas para adequação do edital do processo seletivo. Na reunião, o entendimento foi de que os candidatos com pontuação suficiente para disputar em ampla concorrência deveriam ser excluídos da lista de vagas reservadas às cotas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here