Vítimas de envenenamento coletivo são enterradas em Salvador

0

Foram enterradas na tarde deste domingo (6) as duas irmãs vítimas de um envenenamento coletivo em Salvador.O sepultamento de Gleide dos Santos Paes, 30 anos, e Regina dos Santos Paes, de 26, que estava grávida de dois meses, ocorreu no cemitério municipal do bairro de Paripe, na capital baiana.

O suspeito de ter causado a morte das vítimas, um homem de 50 anos, foi linchado.

Até a tarde de sábado (5), um homem de 49 anos e um menino de 2 anos, que também foram envenenados, permaneciam internados no Hospital Geral Menandro de Faria, em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador.

menandro_faria

De acordo com informações da polícia, todas as vítimas são da mesma família. O crime foi cometido na noite de sexta-feira (4) e é investigado pela equipe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Ainda há detalhes sobre circunstâncias e motivação do envenenamento até o momento. O suspeito de ter envenenado as pessoas não teve identidade divulgada. Segundo a Central de Polícias, ele aparentava ter 55 anos.

O homem foi espancado por volta das 6h40 desta sexta-feira por populares, no Conjunto Parque das Bromélias, chegou a ser socorrido e levado ao Hospital do Subúrbio, mas não resistiu.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here