Advogada se diz “aliviada” por deixar caso de jovem estuprada por 33 homens

0

A família da adolescente de 16 anos violentada por 33 homens no Rio de Janeiro dispensou a advogada que defendia a vítima no caso. A defensora pública Eloísa Samy Santiago, segundo o jornal ‘O Estado de São Paulo’, foi dispensada por meio de uma mensagem de áudio via celular.

Ainda segundo o texto, a advogada se disse “aliviada” diante da decisão dos familiares por “estar conduzindo o trabalho sozinha”, além de ter revelado que a adolescente está sendo intimidada por um dos suspeitos.

Sua última ação à frente da defesa foi o envio do pedido para a Polícia Civil de migração das investigações da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) para Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV), atendido no domingo (29). O DRCI irá tratar somente da divulgação ilegal das imagens.

Adolescente-estuprada

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here