Alunos da rede estadual ensaiam para o 4º Encontro Estudantil

0

A expectativa tomou conta dos alunos finalistas do 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual, que tem início nesta quarta-feira (2) e segue até sexta (4), na Arena Fonte Nova, em Salvador. O evento é aberto ao público em geral. Os estudantes finalistas do Festival Anual da Canção Estudantil (Face) e do projeto Tempos de Arte Literária (TAL) estão participando de oficinas e cursos preparatórios na capital baiana.

Os finalistas do Face ensaiam os arranjos musicais no estúdio Pracatum e os do TAL estão envolvidos em atividades no hotel onde foram hospedados. “Os 15 concorrentes do Festival Anual da Canção Estudantil são muito bons. A preparação está sendo satisfatória e já vamos gravar a voz definitiva para o registro do CD”, informou o diretor musical do Face, Luciano Bahia, que é cantor, compositor, arranjador e instrumentista. Este ano, os ritmos predominantes são rock, pop-rock, hip-hop, reggae e samba.
1448910587Ensaio_da_Face_na_Pracatum_2015_007
O clima é de entusiasmo e alegria entre os finalistas. A cantora e compositora baiana Manuela Rodrigues está trabalhando na preparação dos finalistas do Face e do TAL. “É muito gratificante o trabalho com eles. Como acontece todos os anos, eles estão tendo uma intensa vivência. Meu papel aqui é tentar potencializar o canto deles e a performance de palco, observando o que cada canção pede para o intérprete”.

Expectativa

Aluna do Colégio Estadual Modelo, no município de Itaberaba, J.R., 17 anos, está entre os estudantes que vão levar o estilo pop-rock ao palco na Arena Fonte Nova. “Tenho uma banda de rock na minha cidade e comecei a cantar na igreja, onde ainda canto. Minha expectativa é muito grande porque é a primeira vez que participo desse projeto. Mais importante que ganhar é ter a oportunidade de divulgar o nosso trabalho”.

A dupla M.D., 17, e P.B., 20, do 2º ano do Colégio Estadual Armando Ribeiro Carneiro, localizado em Eunápolis (extremo sul), está apostando na alegria de participar de um evento como o Encontro Estudantil. “Vamos levar nosso rap para a Fonte Nova e isso não é pouco. A ansiedade é grande, mas não acho que [vencer] o festival seja o mais importante. A experiência única que temos aqui já está sendo maravilhosa”, disse M.D. Já o parceiro afirmou estar “muito ansioso e feliz. Se ganharmos, ótimo!” Ela pondera, no entanto, que “chegar onde chegamos já é uma conquista imensurável”.

Em ritmo de ensaio estão também o trio R.F., H.M. e B.O. Todas têm 17 anos e fazem o 2º ano do Ensino Médio no Colégio Estadual Sinésio Costa, no município de Riacho de Santana, no centro sul baiano. “Estamos tranquilas, muito unidas e entrosadas com os demais finalistas. Formamos um grupo no WhatsApp que ajudou a quebrar essa coisa da competitividade”, disse B.O. “Estamos torcendo juntos pelo bom desempenho de todos. Quando um erra, o outro ajuda. Todos nós já somos vencedores em ter chegado à final”, enfatizou H.M.

Programação

O Face e o TAL são apenas dois dos projetos que irão reunir mais de quatro mil alunos da rede estadual no 4º Encontro Estudantil. As criações estudantis desenvolvidas nas escolas serão apresentadas ainda na 8ª Mostra de Artes Visuais Estudantis (AVE), 4ª Mostra das Aventuras Patrimoniais (EPA), 3ª Mostra de Vídeos Estudantis (Prove), 2ª Mostra de Dança Estudantil (Dance) e 2ª Mostra de Canto Coral Estudantil (Encante).

A programação do evento contempla também os Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp), a Feira de Ciência e de Matemática, o Encontro e Feira de Tecnologias Sociais da Educação Profissional, além de experiências desenvolvidas no Centro Juvenil de Ciência e Cultura, pela Rede Anísio Teixeira e o Programa Todos pela Alfabetização (Topa). A programação completa pode ser conferida no Portal da Educação.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here