Após morte de jovem na Ufba, estudantes pedem posto médico no campus

0

A Polícia Federal (PF) instaurou inquérito para apurar a morte de Emerson Roberto dos Santos, 25 anos, ocorrida dentro do campus da Ufba em Ondina, por volta de 21h da última segunda-feira. Segundo a PF, a primeira hipótese é a de que o rapaz morreu por causas naturais — mas ainda é aguardado laudo do Instituto Médico-Legal Nina Rodrigues.

Publicidade

O resultado do inquérito deve ser divulgado em 30 dias. Roberto não era estudante da Ufba — ele havia acabado de se formar em Cinema pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Em nota, a Ufba informou que Emerson “estava de passagem, acompanhado por mais duas pessoas”, quando passou mal. Ele estava na área externa da Escola de Dança.

ufba

De acordo com uma estudante do local, que preferiu não ser identificada, Emerson tinha participado de uma aula livre de dança pela tarde, e treinava malabares com um grupo de amigos, já de noite, quando passou mal.

Amigos e vigilantes da instituição tentaram reanimá-lo com massagens cardíacas até a chegada do socorro. Ainda segundo a estudante, vigilantes usaram lanternas para iluminar o local. No entanto, o rapaz não resistiu e morreu antes da chegada do socorro.

A Ufba também informou que “a equipe de vigilância da instituição acionou imediatamente o Samu para prestar socorro”. Ontem, em um grupo da Ufba no Facebook, estudantes da universidade reclamavam da falta de um posto médico dentro do campus.

A UFRB também publicou nota na qual identificou Emerson como “um aluno destacado na comunidade de Cinema, com trabalhos premiados em festivais”. O corpo de Emerson foi sepultado ontem, no Cemitério Bosque da Paz. Ele era irmão do integrante da banda de rock baiana Velotroz, Caio Araújo, que lamentou a morte em uma publicação no Facebook. “A dor roda por dentro”, escreveu

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here