Avião que caiu e matou 3 em Goiás estava apto para voo

0

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que era regular a situação do avião monomotor que caiu neste domingo (6) em Trindade, na Região Metropolitana de Goiânia. A queda ocorreu na mata fechada de uma fazenda e matou as três pessoas que estavam a bordo. As três vítimas já foram identificadas.

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, o certificado de aeronavegabildade, documento necessário para que a aeronave possa voar, venceria somente em agosto de 2016. Já a Inspeção Anual de Manutenção (IAM), que avalia as condições mecânicas do avião, era válida até outubro do ano que vem.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, na queda, morreram o piloto, Marcelo de Sá Pinheiro, de 45 anos, e os dois passageiros, Elton Ramos da Silva Cruz, de 19 anos, e Kayo Teles da Silva, de 20. Os corpos estavam presos às ferragens e foram retirados por volta das 20 horas.

bombeiro

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here