Cantora apanha do filho de 30 anos

1

A cantora Sinéad O’Connor voltou a usar as redes sociais para fazer uma denúncia sobre as angústias que afetam a sua vida pessoal. Na noite passada, a cantora revelou que foi agredida pelo filho mais velho. O episódio de violência foi desencadeado por uma discussão sobre o caçula da artista, que está, no momento, aos cuidados do irmão.

Publicidade

“O meu filho de 30 anos me bateu esta noite. No alpendre da casa dele. Rindo, a namorada o ajudou. Em frente ao meu filho de 13 anos. Tudo porque defendi o meu filho de 13 anos, que foi abusado durante toda a semana pelo meu filho de 30 anos e pela namorada”, afirmou a artista, que garante ter ficado com um tornozelo partido.

“Você e a sua namorada são pais adotivos abusivos. Recebem 350 euros por semana [cerca de R$ 1362.0075] por terem roubado o meu filho sob falsos pretextos e mentiras (…). Por fim, você mostrou aquilo de que é feito. Você bateu na sua mãe. Agora tenho um tornozelo partido. Bom trabalho”, diz a publicação em que a cantora mostra uma fotografia da suposta agressão.

Para O’Connor o filho “está morto” e este episódio será resolvido em tribunal, uma vez que ela pretende apresentar queixa pela agressão, por “incitamento ao suicídio” e “alienação parental”.

Vale lembrar que, recentemente, a cantora foi hospitalizada com sintomas de depressão e suspeitas de tentativa de suicídio.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here