Carlos Pronzato: agosto amado

0

Carlos PronzatoPoeta e cineasta/documentaristapronzato@bol.com.br
Se por um lado Jorge Amado faleceu num 10 de agosto (2001), também nasceu num 6 de agosto (1912). Agosto o viu chegar e o viu partir. Um mês que tem o infortúnio de rimar com desgosto, mas pode fazê-lo com o seu oposto. Entre ambos os extremos, transitam as personagens do escritor cacaueiro, que trazem sua dupla carga de tragédia e alegria, de dor e esperança, de sonho e realidade. Homens e mulheres de robusta contextura, de uma concretude tal que os faz abandonar as páginas dos livros e retornar por uns momentos às ruas, de onde o escritor tomou seus traços essenciais para torná-los imortais personagens literários.
“De sangue e carne e não de tinta e papel”, como ele gostava de frisar. Personagens tão centenários quanto ele porque, apesar de a sua primeira publicação ser de 1931 – O País do Carnaval –, quem se atreveria a duvidar que todos eles não nasceram no mesmo ano que Jorge? Ou que todos eles não aguardavam seu Pirandello mestiço para se tornar as vozes de um povo, de uma região, de uma cidade? Antiga Cidade da Bahia, território amadiano respirando permanentemente entre os destroços da atual Salvador, tragada pela especulação imobiliária e os insensíveis poderes públicos, que assassinam.
Ruas, becos, esquinas, ladeiras, uma cidade inteira, como a Dublin de Joyce, como a Buenos Aires de Borges, que surgiu, reinventada, da sua pluma. Patrimônio popular, vive em cada gesto, palavra ou sentimento do povo da Bahia. Como Tolstoi, pintou o seu povo e foi universal. Um povo sensual como Gabriela, multifacético como Pedro Archanjo, forte como Jubiabá, sonhador como Vasco Moscoso de Aragão.
Muito além do fenômeno publicitário de Paulo Coelho, da tola intransigência das universidades, que olham com desdém a sua literatura “de prostitutas e vagabundos”, da crítica que esgrime seu passado comunista, da omissão dos governos no seu centenário, Jorge Amado permanece sinônimo da Bahia e da literatura brasileira no mundo inteiro. Salve Jorge, velho marinheiro…

Before starting our conversation about Viagra, let us mention some facts about ED. You will be surprised to find out that healthy sex life is more than great pleasure and ability to have children. It is the best and only way to guarantee natural training of the male heart, lungs, blood vessels and muscles. It is also the most efficient way of restoring male central nervous system. Normal sex life prevents the development of such severe diseases as stroke, heart attack, viagra high blood pressure (hypertension), diabetes, cancer, neurosis, depression, dementia etc. Now you know that men think the worlds of their erectile function for a reason!
You can buy Viagra in the nearest drugstore if you have a prescription from your doctor. It means, your awkward health disorder becomes public inevitably. Do not be frustrated! Fortunately, you can avoid any publicity at all if you choose to buy Viagra online. Our reliable online pharmacy will offer you top-quality pills from the manufacturer at the best price.
Attention! viagra Do not fail to see your doctor before ordering Viagra online! Use the lowest dose of the drug that works. Never overdose your ‘love pills’ – take only 1 pill about 1 hour before intended intercourse. Never take Viagra repeatedly within 24 hours!

here’s a nice site

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here