Coca pagará R$ 3 milhões a quem resolver seu maior problema

0

Um milhão de dólares, ou mais de três milhões de reais. É o que a Coca-Cola vai pagar para quem ajudar a maior fabricante de refrigerantes do mundo a superar um de seus maiores problemas: o açúcar.

O desafio foi lançado na semana passada em comunicado no site oficial da Coke.

A empresa diz que o concurso é um “apelo à ação para pesquisadores e cientistas para encontrar um composto de origem natural, seguro e com baixa ou nenhuma caloria, que crie a sensação de gosto de açúcar quando usado em bebidas e alimentos”.


A Coca-Cola promete pagar o prêmio ao vencedor em outubro de 2018.

A publicação ressalta que este composto não poderá ser “a base de estévia ou fruta-dos-monges e nem ser extraída de alguma espécie de planta protegida”.

“Esta tarefa hercúlea certamente é um dos maiores problemas enfrentados pela indústria de alimentos, que movimenta US$ 4,8 trilhões”, acrescenta.

De acordo com a Quartz, pesquisas mostraram que hoje os americanos bebem 15% menos de refrigerantes se comparado há 15 anos, principalmente por preocupações com a saúde.

Para completar, tanto a produção de refrigerantes da Coca-Cola como de sua maior rival, Pepsi, também estão em queda ao longo da década no país.

“Este concurso mostra o tamanho da pressão que é encontrar um substituto (ao açúcar) ou uma adequação. É algo como a busca pelo Santo Graal, porque criou uma adversidade aos refrigerantes gaseificados”, analisa Colbert.

Críticas

“Achei (o valor da premiação) um pouco barato”, opina Ross Colbert, analista de bebidas da multinacional financeira Rabobank, em entrevista ao site americano “Quartz”.

“Acredito que quem encontrar a solução pode ganhar mais dinheiro que isso”, completa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here