Detran encerra ‘Maio Amarelo’ no HGE para alertar sobre acidentes no trânsito

0

No início de maio, a lavradora Joana Ribeiro da Silva, 55 anos, sofreu um acidente de trânsito no município de Itaberaba, centro norte do estado. Ela escapou sem ferimentos, mas o cunhado, que estava dirigindo e perdeu o controle do carro, morreu, e o marido continua internado no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, com fratura na coluna. ” Por causa de um descuido, perdi um parente e quase fico viúva. Só desejo que o meu marido fique bem e volte logo para casa, sem sequelas”, desabafou a lavradora.

Publicidade

Acompanhantes de pacientes, vítimas do trânsito, participaram, na última quarta-feira (31), no HGE, do encerramento da campanha do ‘Maio Amarelo’, promovida pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA). Eles assistiram à palestra sobre escolhas de risco na condução de um veículo e o programa do órgão que acolhe quem sofreu acidentes. Estavam presentes também médicos e estudantes de medicina. “Aqui no hospital, 60% dos pacientes sofreram algum tipo de acidente de trânsito. A maior parte dos registros envolve motociclistas que tiveram traumatismo crânio encefálico, perda de membros e ficaram com sequelas neurológicas”, relatou o diretor-médico do HGE, Fernando Zacarias.

A campanha abordou aproximadamente 60 mil pessoas, em Salvador e municípios do interior, com mensagens de conscientização. O órgão levou informações sobre legislação para empresas de transporte coletivo, universidades e concessionárias de rodovias; e 16 mil alunos de escolas públicas participaram de atividades educativas. Em blitzes da Lei Seca, 7,3 mil pessoas e quase 4 mil veículos foram abordados. Dos mais de 3,5 mil condutores submetidos ao teste do bafômetro, 213 se recusaram a soprar o aparelho e 39 estavam em estado de embriaguez. Houve a remoção de 615 veículos irregulares. “ Este ano, o Maio Amarelo teve um aumento significativo no número de ações, e o trabalho continua, porque o combate à epidemia do trânsito tem que ser todo dia. Vem agora o São João, quando faremos uma grande operação de fiscalização”, explicou o diretor-geral do Detran, Lúcio Gomes”.

Fonte: Ascom/Detran

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here