Escrivã que não emitiu certidões de casamento para gays é presa nos EUA

1

Uma escrivã americana que se recusou a emitir certidões de casamento para gays foi presa nessa quinta-feira (3).
O juiz federal do estado de Kentucky ordenou a prisão da escrivã, porque ela desobedeceu a ordem judicial dele. Kim Davis tinha sido processada por quatro casais homossexuais que tiveram suas certidões de casamento negadas por ela. Em agosto, o juiz ordenou que o cartório em que ela atua começasse a emitir as certidões para todos os casais. Mas ela continuou se recusando a emitir as certidões de casamento. Em junho, a Suprema Corte dos Estados Unidos legalizou o casamento de pessoas do mesmo sexo em todo o país.

link-zap
Loading...

4441951_x360
A escrivã, que é cristã apostólica, afirmou que isso violaria a sua religião e chegou a dizer que estava pronta para ir para cadeia, caso fosse necessário.

Diante de uma corte lotada, o juiz argumentou que deixar que ela desafie a autoridade de um tribunal pode criar um precedente perigoso e ter um efeito cascata.

A decisão do juiz foi mais dura que a sugerida pela defesa dos casais. Ele argumentou que multas não seriam suficientes para força-la a cumprir a ordem da Justiça.

1 COMMENT

  1. Quando os cristãos têm os seus direitos negados, têm de fugir de uma para outra parte, buscando a solução. Essas pessoas poderiam ter ido a um outro cartório, como fazem os cristãos perseguidos. Mas, isso já é esperado. Cristãos sempre foram e sempre serão perseguidos pelos estados. É o imperar da lei do cão. Mt 24.9

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here