Ex-comandante da PM vai a julgamento hoje por corrupção e lavagem de dinheiro

0

Preso em 2009 acusado de envolvimento num esquema fraudulento de compra de viaturas, o ex-comandante da Polícia Militar, Antônio Jorge Ribeiro Santana irá a julgamento nesta quinta-feira (16) na Auditoria da Justiça Militar do Estado da Bahia.

Outras 11 pessoas respondem pela fraude que chegou a gastar mais de R$ 32 milhões dos cofres públicos na compra de 191 viaturas a serem utilizadas pelas Rondas Especiais (Rondesp).

Segundo o advogado Vivaldo Amaral, que representa o comandante, o julgamento terá muitas testemunhas e a previsão é de que ele seja encerrado no domingo (19). Os advogados dos réus não quiseram se pronunciar sobre a acusação e irão aguardar o fim do julgamento para falar.

RTEmagicC_comandante_pm_paulo_azevedo.jpg

A promotora de justiça do Ministério Público da Bahia, Luciélia Araújo Lopes, disse que essa já é a 7ª tentativa de julgamento do caso. De acordo com a promotora, os motivos que adiaram a cerimônia foram diversos, como problemas de saúde dos réus e advogados, compromissos profissionais do juiz e ausência de quórum mínimo de juízes militares (são necessárias pelo menos 4 autoridades). Ainda segundo Lucélia, “há uma farta prova documental que evidencia a participação dos réus no crime de corrupção passiva”, que é um dos principais crimes pelos quais os réus estão sendo julgados.

Na época, durante o cumprimento dos mandados, agentes do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil flagraram Santana quando recebia R$26 mil dos diretores da empresa Júlio Simões Transportes e Serviços Ltda, Jaime Palaia Sica e William Laviola, em março de 2009, no bairro do Comércio. O flagrante foi resultado de uma investigação de cinco meses do COE, que descobriu a fraude através de quebras de sigilos bancários, interceptações telefônicas e análise de materiais apreendidos durante a busca e apreensão. Ainda na abordagem, foi preso também o lobista Gracílio Junqueira Santos, com R$21 mil, responsável pela intermediação.

Antônio Jorge assumiu o comando da PM em janeiro de 2003 e ficou no cargo até agosto de 2008. Ele recebeu 17 medalhas de honra ao mérito por diversos estados brasileiros; dois títulos de cidadão – um de Candeias e outro de Ilhéus; uma comenda, a Maria Quitéria, outorgada pela Câmara de Vereadores de Feira de Santana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here