Filho do cantor Luciano é solto após dois dias preso em Goiânia

0

Filho do cantor sertanejo Luciano, que faz dupla com Zezé di Camargo, o estudante Wesley Camargo, de 25 anos, foi solto após pagamento de fiança, neste domingo (23), em Goiânia. Ele ficou detido por dois dias na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), suspeito de agredir uma tia e uma prima que moram com ele e com os avós no Setor Bueno, bairro nobre da capital.

Segundo informações da Polícia Civil, a mãe do jovem, que veio do Rio de Janeiro, o advogado, Hortêncio Mendonça Filho, um avô e a companheira de Wesley o buscaram na delegacia por volta de 11h30.

luciano

A assessora parlamentar Marlene José de Camargo, tia de Wesley, afirma que, na sexta-feira (21), o rapaz teria agredido ela e uma prima de 16 anos depois de chegar bêbado em casa. Em entrevista ao G1, Marlene afirmou que não foi a primeira vez que Wesley lhe bateu e torcia para que o parente ficasse detido: ‘Ele é uma ameaça’.

Segundo a mulher, no dia em que a discussão ocorreu, Wesley chegou embriagado e drogado em casa e começou a bater as portas. Ela pediu que ele parasse, mas não foi atendida e a briga começou. “Ele me agrediu fisicamente, tanto que estou com o dedo deslocado. Bateu também na minha filha, de 16 anos, e agrediu os avós com palavras”, recorda.

Ao ser detido, o jovem negou que tivesse cometido as agressões. “Quem me machucou foi minha própria tia. Tentou me empurrar da escada e eu que vou ser preso. É um absurdo”.

Wesley chegou à delegacia com a camiseta rasgada e aparentes hematomas no rosto. “Todo mundo está vendo meu corpo e ela não tem nenhum roxo. Ela sai ilesa e eu que vou pagar a pena. Não agredi nenhum deles e eles montaram em cima de mim”, reclama.

Exames de corpo de delito confirmaram que Marlene e a filha têm ferimentos na cabeça e nos braços. Wesley foi atuado pelos crimes de ameaça, injúria e lesão corporal contra as duas vítimas. Caso seja condenado, pode pegar até sete anos e meio de prisão.

Como Luciano está de férias nos Estados Unidos, a assessora diz que conversou com Zezé sobre o ocorrido, mas não quis revelar qual o teor do diálogo. Na opinião dela, “é bom que Wesley leve um ‘chá de cadeia’ para respeitar a família”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here