‘Gemidão do Zap’ causa demissão de entregador de farmácia

0

Empresa alegou que trabalhador causou constrangimento e prejuízos financeiros

O entregador de uma farmácia de Natal (RN) foi demitido por justa causa depois de cair na pegadinha do “gemidão” do WhatsApp. O caso foi parar na Justiça do Trabalho e o ex-funcionário conseguiu reverter sua demissão para sem justa causa. Ele foi demitido porque a empresa alegou que ao abrir a mídia no trabalho causou constrangimento e prejuízos financeiros.

A defesa do empregado afirmou que ele acreditava se tratar de um vídeo de conteúdo jornalístico, mas quando deu play percebeu o áudio era de uma mulher gemendo sensualmente. Citou ainda que a pegadinha é “costumeira nos grupos de WhatsApp e tem o intuito de constranger a pessoa que recebe o vídeo”. O funcionário alegou que caiu na pegadinha de maneira involuntária e estava usando o aplicativo durante seu horário livre no trabalho.

Já os representantes da farmácia alegam que o funcionário teve “maus hábitos” por assistir vídeo do celular durante o expediente e cometeu “ofensa ao pudor”. Dizem ainda que a farmácia recebeu várias reclamações e sofreu prejuízos, pois clientes deixaram o local sem fazer as compras depois de “ouvirem os sons que ecoaram por todo estabelecimento”.

O caso foi em janeiro deste ano, mas veio à tona agora após a decisão judicial, que aconteceu na sexta (18). Mesmo com a reversão da justa causa, a Justiça não atendeu ao pedido por indenização por danos morais feito pelo funcionário. A juíza Isaura Maria Barbalho Simonetti, da 5ª Vara do Trabalho de Natal, concordou que o trabalhador usou o app durante expediente para ver um vídeo com certo teor pornográfico, mas afirmou não ter provas de que ele queria causar constrangimento. Diz ainda que a farmácia também não provou que sofreu prejuízo.

Demitido por justa causa, o entregador, que trabalhava na empresa desde maio de 2014, não teria direito a vários direitos concedidos a quem perde o emprego sem justa causa.

Gemidão
A pegadinha do “gemidão” pode acontecer em áudios e também em vídeos. O gemido em questão é da atriz pornô norte-americana Alexis Texas, 32 anos. A cena de onde veio o famoso áudio faz parte do vídeo adulto “Alexis Texas Boxing POV”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here