Homem agride travesti com pedradas após fazer programa e não querer pagar

0

André Silva dos Santos, 28 anos, morador do distrito de Posto da Mata, no município de Nova Viçosa, foi preso na noite deste domingo (23), após fazer um programa com um travesti de 17 anos e se negar a pagar o valor do “serviço sexual”, alegando não ter dinheiro. O homem agrediu o jovem com pedradas na cabeça e feriu a vítima.

De acordo com informações do depoimento da vítima, publicadas no site Teixeira News, o acusado estava por volta das 23h de domingo (23) às margens da rodovia BR-101, onde um grupo de travesti fica à espera de clientes, supostamente aguardando uma carona para Posto da Mata, quando fora acertado um programa por R$ 30.

Homem

No mesmo local, ao lado da pista, os dois teriam praticado sexo e após a ejaculação do agressor, o travestir foi se vestir para receber o dinheiro e foi surpreendido pela pedrada. Após o ataque o homossexual começou a pedir socorro, momento que amigos dele chegaram e acionaram a Polícia Militar através do telefone 190. Após ouvir a vítima os policiais deram voz de prisão a André e procederam com sua condução à Delegacia da Polícia Civil (DEPOL).

André Silva dos Santos, de 28 anos, negou que tenha solicitado o programa e assegurou que foi o travesti que se aproximou dele e começou a lhe perguntar se não queria relacionar-se sexualmente com ele. Excitado, o homem diz que não resistiu e resolveu aceitar. Após o programa, como não tinha dinheiro algum, André diz que começou a confusão.

Acusado foi indiciado por homicídio tentado e permanece preso à disposição da Justiça. Em entrevista ao site o acusado relatou ser casado e possuir filhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here