Homem é internado com malária após visitar companheira em cidade com surto da doença na Bahia

0

m novo paciente foi internado com malária na cidade de Wenceslau Guimarães, baixo sul da Bahia, cidade que passa por um surto da doença. A informação foi confirmada pelo prefeito da cidade, Carlos Alberto Liotério, na manhã desta segunda-feira (22). O gestor municipal disse, ainda, que 23 casos da doença estão confirmados no município. Uma pessoa já morreu com a doença.

Publicidade

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) disse, no entanto, que ainda possui o registro de apenas oito casos, mas que, nesta segunda-feira, deve divulgar uma atualização com o boletim da doença na cidade.

De acordo com o prefeito, o paciente que registra o mais novo caso é de Presidente Tancredo Neves, cidade a cerca de 26 quilômetros de Wenceslau Guimarães. Ele passou a ter sintomas da malária após ir até a localidade de Chico Lopes, que fica em Wenceslau Guimarães. O prefeito disse que o paciente tem estado de saúde estável.

“Ele tem uma pessoa com a qual se relaciona, e ela mora lá em Chico Lopes, uma localidade daqui [Wenceslau Guimarães] que está com o surto da malária. Ele foi visitá-la na semana passada e depois passou a ter os sintomas. Ao procurar o médico, ele disse que tinha vindo aqui [em Wenceslau Guimarães] e o médico pediu o exame, que confirmou a malária. Ficamos sabendo do caso no sábado [20]”, explicou Liotério.

Carlos Liotério informou que dos 23 casos confirmados em Wenceslau Guimarães, nove foram transferidos para outros hospitais do estado para que cada paciente tenha atendimento especializado oferecido pelas unidades de saúde.

“Cinco foram transferidos para a Santa Casa de Misericórdia de Valença, duas crianças foram levadas para o Hospital Manoel Novaes em Itabuna, outra criança está no Hospital Irmã Dulce, em Salvador, e uma senhora foi para o Hospital do Cacau, em Ilhéus”, detalhou.

A malária é uma doença infecciosa causada pelo parasita Plasmodium. É transmitida pela picada do mosquito de gênero Anopheles ou por contato pelo sangue, como o compartilhamento de seringas.

Os sintomas incluem mal-estar, calafrios, seguido de suor intenso e prostração. No caso do plasmodium do tipo falciparum, pode ocorrer uma grave anemia, potencialmente fatal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here