Homem é multado em R$ 40 mil por divulgar prints de conversa de grupo do WhatsApp

0

A Justiça do Paraná condenou um homem a pagar R$ 40 mil por ter divulgado conversas de um grupo do WhatsApp nas redes sociais.

Bruno Kajka, que trabalhava na diretoria do clube de futebol Coritiba, expôs em 2015 algumas das conversas feitas em um grupo que contava com outros oito funcionários do clube. O caso gerou uma crise interna no time paranaense, e o vazador acabou sendo processado.

A notícia continua após esta Publicidade

Ele tentou se defender dizendo que, por não ser amigo próximo dos outros membros do grupo, ele não teria obrigação de manter as conversas privadas. Além disso, ao expor as mensagens, ele estava exercendo sua liberdade de expressão para informar torcedores sobre o que acontece na diretoria do clube.

Segundo o Juiz Hamilton de Oliveira Machado, a prática do rapaz não foi adequada e ele vai precisar pagar R$ 5 mil por danos morais para cada um dos outros oito membros do grupo.

O juiz argumenta que mensagens de grupos do WhatsApp são privadas, e a exposição delas afetou diretamente a vida de envolvidos, já que dois deles acabaram perdendo o emprego.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here