Homem é preso suspeito de matar o próprio filho para não ter que pagar pensão

0

Policiais da Delegacia de Araruama (118ª DP) prenderam nesta quarta-feira (3), um homem suspeito de matar o próprio filho, um adolescente de 13 anos. O corpo de Robson da Silva Ribeiro Junior foi encontrado em março deste ano, enterrado nas areias da Praia do Dentinho, no distrito de Praia Seca, em Araruama, região dos lagos do Rio. Na época, o fato gerou grande clamor público e repercussão na cidade, motivando passeatas e uma grande mobilização popular. O estudante havia sido dado como desaparecido no dia 6 de março, após a mãe do menino deixa-lo na porta do colégio, no bairro XV de Novembro. Robson não chegou a entrar na escola e desapareceu.

Durante a investigação do caso, os agentes analisaram as câmeras de vigilância e acompanharam todo o trajeto que o menino fez após sair da porta da escola. Segundo a policia, os agentes se surpreenderam ao flagrarem o veículo do pai da vítima trafegando pelo mesmo local e horário em que Robson foi visto pela última vez. De acordo com as investigações, o suspeito esteve na praia onde o menino foi encontrado quatro dias após desaparecer. Robson Silva prestou depoimento nesta quarta, na delegacia de Araruama. Segundo a polícia, inicialmente ele contou uma versão fantasiosa que mais tarde foi desmentida por testemunhas citadas por ele.

Após ser confrontado pelos agentes, ele não sustentou a história contada inicialmente e mudou a versão durante o depoimento. Segundo a polícia, ele passou a alegar que encontrou com o filho ocasionalmente próximo ao colégio e o convidou a ir para a Praia, onde, segundo o suspeito, o menino teria se afogado. Em depoimento, Robson disse que teria enterrado o filho para não ser responsabilizado. Entretanto, as investigações da Delegacia de Araruama indicam que o adolescente foi morto por conta de uma disputa envolvendo pagamento de pensão alimentícia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here