Homem mata mulher após briga sobre quem ficaria com ar-condicionado

0

Um homem foi por estrangular a mulher depois de uma discussão sobre quem ficaria com o aparelho de ar-condicionado na divisão de bens do divórcio. O caso aconteceu em Campo Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Publicidade

De acordo com o jornal Extra, Marcos Leonardo dos Santos, de 40 anos, tentou registrar na polícia um suposto desaparecimento de Angela Gonçalves Pinto, também de 40 anos. No entanto, o homem caiu em contradição e os policiais suspeitaram do caso.

Mais tarde, a polícia identificou que o suspeito estava com o cadáver no porta-mala do carro, estacionado à porta da delegacia, e foi preso em flagrante na tarde de sexta-feira (26). O suspeito vai responder por homicídio qualificado por asfixia, ocultação de cadáver e comunicação falsa de crime.

O delegado William Pena Júnior, titular da 34ª DP (Campo Grande) falou sobre o ocorrido “Ele disse que haviam furtado o carro dele. Notamos que havia algo estranho. Policiais que trabalharam na Divisão de Homicídios fizeram a reconstituição do caminho com ele e chegaram à residência do casal. Lá, tinha sangue, um panorama diferente do que ele contou. Aí ele confessou que havia matado a mulher e escondido o corpo”, relatou.

Santos prestou depoimento e disse que brigou com a esposa devido a divisão de bens da separação. Os dois discordavam sobre quem deveria ficar com o aparelho de ar-condicionado. Contrariado, o suspeito estrangulou e matou a vítima.

A publicação refere que o casal não tinha filhos e não constava contra ele qualquer registro de violência doméstica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here