Homem se amarra em cruz para pedir justiça no caso Eliza Samúdio

0

O publicitário André Luiz dos Santos, de 51 anos, se amarrou em uma cruz em frente ao fórum da cidade de Contagem, em Minas Gerais, para pedir ‘justiça’ no julgamento do goleiro Bruno Fernandes e mais quatro réus, pelo desaparecimento e morte de Eliza Samúdio. O júri popular terá início na segunda-feira (19). “Acredito que a Eliza está morta. Mas não os condeno. Peço justiça”, considera o manifestante. Ele diz que a cruz em que está amarrado pesa cerca de 40 quilos. O publicitário diz que o motivo do protesto, primeiramente, é “porque é pai”. “Existe uma criança órfã, um corpo desaparecido, uma mãe querendo saber onde a filha está. A criança órfã, com uma história que tem um pai preso e uma mãe desaparecida, ou assassinada. E mais ainda, é um jogador que tinha toda condição de estar na seleção brasileira, e tinha muitos fãs dele que se inspiravam nele como goleiro”, relatou. Segundo André, ele já fez vários protestos em que pede justiça ao redor do país e até na Argentina.

 
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here