Inep nega que partes de prova do Enem vazaram e aciona Polícia Federal

0

O Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais (Inep) negou, nesta segunda-feira (19) que houve vazamento de partes da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e afirmou que as imagens do caderno de questões e da página com o tema da redação deste ano são falsas. O órgão, ligado ao Ministério da Educação (MEC), é responsável pela prova e afirmou que caso será encaminhado para a Polícia Federal.

Neste domingo (18), imagens das capas dos cadernos de questões dos dois dias da prova circularam em redes sociais. Uma imagem com o suposto tema da redação deste ano, que seria sobre os benefícios e malefícios da terceirização da mão de obra, também foi compartilhada.


inep
Em sua página no Twitter, o Inep divulgou as imagens com a tarja “prova falsa”. Por meio da assessoria, o instituto informou que a análise dos dispositivos de segurança foi realizada e foi constatado que a prova não é verdadeira.

O Inep disse ainda que o material divulgado será encaminhado para a Polícia Federal com o objetivo de descobrir quem são os autores das imagens. O exame ocorre nos dias 24 e 25 de outubro. Os portões dos locais de prova serão aberto às 12 horas e fechados às 13 horas. A prova terá início às 13h30.

O esquema de segurança para a realização da prova está mais rígido neste ano. A Polícia Federal fez cruzamentos de dados de candidatos para verificar riscos de fraude. Além disso, antes de chegar à sala de prova, candidatos terão de passar por detectores de metais. Os aparelhos foram instalados também nos banheiros.

As 16.600.734 provas impressas serão distribuídas para as salas por meio de 10.854 rotas. Ao todo, serão mobilizados 60 batalhões do Exército, que vão fiscalizar 64.190 malotes de provas, equipados com cadeado eletrônico, o que possibilita o controle do horário de abertura de provas.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here