Jornalista tem conta do WhatsApp invadida após publicar matéria sobre Bolsonaro

0

A jornalista Talyta Vespa teve o celular invadido após publicação de uma matéria sobre grupo de apoio ao candidato à presidência, Jair Bolsonaro (PSL). Intitulada como “Entrei no grupo ‘Mulheres com Bolsonaro’ e fui expulsa em dois minutos”, a matéria foi publicada na última quarta-feira (19) no editoral de conteúdo feminino do UOL, Universa.

Talyta afirma que sua conta do aplicativo de mensagens, WhatsApp, teve todas as conversas, fotos, vídeos e contatos excluídos por um invasor ainda não identificado. Além disso, o nome de “bolsonaro” foi escrito no espaço dedicado ao status da pessoa no aplicativo.

De acordo com reportagem do UOL, o ataque aconteceu por volta das 11h30 da manhã e ainda não se sabe dizer se o autor teve acesso a dados pessoais, senhas ou outras contas em redes sociais da jornalista.

Em nota de esclarecimento, a equipe do WhatsApp não soube explicar como pode ter ocorrido a invasão e garantiu que “preocupa profundamente com a segurança e privacidade de nossos usuários. Se as pessoas tiverem alguma preocupação com a conta, podem entrar em contato com nossa equipe de suporte ao cliente diretamente no WhatsApp, em ‘Configurações’.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here