Mulher diz que foi agredida e enterrada viva a mando do marido

0

Maria Aparecida Lima dos Santos, de 25 anos, foi agredida e enterrada viva a mando de seu marido, após pegar uma carona com um conhecido no último sábado (22), em Itamaraju.

Segundo relato à Polícia na manhã de segunda-feira (24), ao descer do carro, próximo ao trevo do Parque Nacional, teria sido agredida e torturada. Ela disse ainda que seu ex-marido, Valdir Reis de Jesus, de 44 anos, estava no local. Ele teria arrancado a blusa da doméstica e tentado enforcá-la com a peça de roupa. Ao perceber que ela estava desfalecida, cavou uma cova e a enterrou ainda viva. “Eu acordei com a minha face cheia de terra e graças a Deus eu consegui cavar e sair da minha cova”, disse ela.

Maria mostrou marcas das agressões, mas a evidência do enforcamento estava nos olhos, que estavam muito avermelhados. A vítima contou que, o marido fugiu ao notar que ela ainda estava viva. Em seguida, passou na casa dela e raptou seus dois filhos, sumindo sem deixar vestígio.

A notícia continua após esta Publicidade

A Polícia Civil está investigando o caso e espalhando imagens do homem e das crianças na vizinhança. Quem tiver informações sobre elas ou sobre o paradeiro do agressor, deve ligar para os telefones 190, 197 ou Conselho Tutelar de Itamaraju (73) 3294–0853.

 
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here