Nove presos se casam em cerimônia coletiva em penitenciária de Salvador

0

Nove detentos se casaram durante uma cerimônia coletiva realizada nesta quarta-feira (27) dentro da Penitenciária Lemos de Brito, no bairro da Mata Escura, em Salvador.

A ação foi promovida pela Defensoria Pública do Estado da Bahia. Segundo o órgão, a cerimônia foi inédita em presídios baianos e há previsão de realização de novas ações, já que mais de 60 casais estão na lista de espera.

Um dos nove casais que oficializaram a união foi Rebeca da Silva Santos e Roberval dos Santos Pires, que cumpre pena de sete anos de reclusão por tráfico de drogas.
casamento
Os dois tiveram relacionamento de seis anos até o casamento e, durante o tempo em que o homem está preso, só se encontram duas vezes por semana durante as visitas programadas.

A defensora pública Fabíola Pacheco, idealizadora do projeto, disse que o casamento coletivo tem como objetivo “dignificar as relações” e pode servir como caminho para a ressocialização.

“Essas mulheres chegam aqui duas vezes por semana com todo sacrifício, às vezes, não só emocional, como econômico e elas tem muita dignidade de visitar seus companheiros.  Esse ato pode servir como caminho para a ressocialização”, disse, em nota à imprensa.

O Tribunal de Justiça autorizou a sua Corregedoria a determinar ao cartório a elaboração das certidões de casamento gratuitamente. A cerimônia civil foi celebrada pelo juiz Antônio Mônaco Neto.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here