Operação da Embasa combate gatos e ligações clandestinas de água

0

As ligações irregulares, mais conhecidas como ‘gatos’, e as clandestinas são alvo de operação da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) em canteiros de obras, estabelecimentos comerciais e grandes empreendimentos de Salvador e região metropolitana. São 22 equipes com técnicos e funcionários atuando nos municípios para impedir a fraude e regularizar os imóveis onde o dolo é detectado. Somente na manhã desta quarta-feira (30), uma construção no bairro de Piatã e um motel no Imbuí foram fiscalizados, ocorrendo uma notificação.

link-zap
Loading...

14436231046N4Temb7958
A intensificação do trabalho realizado pela empresa se deu depois que mais de 4,5 mil ligações irregulares foram descobertas em apenas quatro meses de fiscalização, este ano. As fraudes podem ser variadas, como adulteração do marcador do hidrômetro, desvios na tubulação ou ainda a retirada do fluxo de água sem o registro ou matrícula na Embasa. Todas essas práticas são criminosas e tipificadas como furto.

Caso sejam encontradas irregularidades, como na ligação clandestina descoberta em uma construção civil no bairro de Piatã, nesta quarta, o abastecimento é interrompido e os responsáveis são notificados e recebem um prazo de 15 dias para a defesa. A depender da fraude, são aplicadas multas com o valor mínimo de R$ 147 e ainda cobrados valores adicionais como o serviço dos funcionários da Embasa e valores estimados da água que foi roubada pelo empreendimento.

Em 2014, essas ações resultaram no desvio de mais de 2,1 bilhões de litros de água por mês em Salvador e RMS. De acordo com o gerente do Departamento de Gestão Comercial da Embasa, José Roberto de Oliveira, até o próximo ano a previsão é que haja o dobro de equipes nas ruas. “É importante que as pessoas participem e denunciem também caso percebam irregularidades. Temos visto que alguns estados têm sofrido com a escassez de água e não temos esse problema, mas quem frauda não está somente tirando o benefício de alguém que paga, está desperdiçando também, o que é ainda pior”.

Os canais de comunicação são o telefone 0800-055-195, alguma loja da Embasa ou nos postos da empresa localizados no Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). A identidade e sigilo de quem fez a denúncia serão preservados.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here