Operadoras lançam planos com tarifas iguais para celulares da concorrência

0

A Oi lançou, nesta terça-feira, um plano pré-pago que acaba com a cobrança de tarifa diferenciada para outras operadoras. A empresa é a segunda a tomar essa decisão, depois da TIM, que criou planos com a mesma característica no último domingo, dia 1º de novembro. Na prática, a mudança no mercado visa a acabar com o costume de os consumidores acumulares vários chips, cada qual destinado a chamadas para celulares de uma determinada companhia.

No novo plano, chamado de Oi Livre, os clientes podem escolher entre ofertas por minuto, por dia, por semana e por mês. Na oferta por minuto, o usuário pode ligar para um telefone da Oi e de qualquer operadora, de qualquer lugar do país, por R$ 0,30.

link-zap
Loading...

celular
Na opção de tarifa diária, o consumidor paga R$ 0,75 e tem 300 minutos para chamadas para Oi de qualquer lugar do país . Para ter direito a 60MB de internet e 30 SMS para qualquer empresa, basta pagar mais R$ 0,99. Ligações para outras operadoras, de qualquer lugar do país, também custarão R$ 0,30 por minuto.

As opções por semana e por mês custam R$ 10 e R$ 40, respectivamente. Na oferta semanal, o cliente pode usufruir de 75 minutos para ligações, 400MB de internet e 300 torpedos. Na mensal, são 300 minutos, 1GB de navegação e 500 SMS.

No dia 25 de novembro, a tarifa igual entre operadoras diferentes será estendida aos planos Controle e pós-pagos.

Bernardo Winik, diretor de Varejo da Oi, explica que a novidade segue uma tendência mundial e que as outras operadoras do país que ainda não o fizeram devem seguir o mesmo caminho:

— Quanto mais rápido elas fizerem isso, mais rápido terminará esse “efeito comunidades”.

No caso da TIM, a operadora lançou dois planos pré-pago, sem tarifa diferenciada para outras operadoras. No TIM Pré 150, o cliente tem um pacote de cem minutos de ligações para qualquer operadora,150MB de internet e SMS ilimitados, por R$ 7, válidos por sete dias.

O plano TIM Pré 300, por sua vez, dá direito a cem minutos de ligações para qualquer operadora, com 300MB para navegar na internet e SMS ilimitado para celulares de quaisquer empresas por R$ 10. A oferta vale por sete dias.

Nos dois planos pré-pago, o cliente pode renovar a franquia. Ao se esgotarem os minutos disponíveis no plano, restam duas opções: pagar R$ 0,25 por minuto adicional ou contratar um adicional de 50 minutos por R$ 4, também válidos por sete dias.

Em ambos, há o bloqueio de uso da internet quando a franquia termina. Nesse caso, o consumidor passa a ter a opção de pagar R$ 0,99 por dia de uso, com limite de 50MB diários, ou contratar um pacote adicional de 150MB por R$ 3, também válido por sete dias.

Preço de chamadas para outras operadoras cai até 89%

Segundo Roberto Guenzburger, diretor de Produtos e Mobilidade da Oi, enquanto o preço por minuto para outras operadoras variava de R$ 1,75 a R$ 2,80, agora o cliente vai pagar R$ 0,30 — para qualquer lugar do país. Uma economia de 89%.

Já na TIM, com os novos planos, a tarifa por minuto para outras operadoras terá uma redação que chega a 83%. É o que explica o Christian Krieger, Diretor Comercial da TIM RJ:

— A gente sai de um minuto de mais de R$ 1,50 para R$ 0,25. Então, o cliente pode ligar para Vivo, Claro, Oi até lá do Acre, que ele vai pagar esses R$ 0,25.

A diminuição dos preços nesse tipo de chamada também se deve à redução sistemática da tarifa de interconexão (Valor de Remuneração de Uso de Rede: VU-M) promovida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Essa tarifa remunera as operadoras quando suas redes são usadas por outras. Ela é livremente negociada, mas anualmente a Anatel publica uma lista de valores de referência, para os caso de as operadoras não entrarem em um acrodo. Para se ter uma ideia, o valor médio da VU-M no país era de R$ 0,24 em 2014. Este ano, o valor sofrerá caiu 33,3%, passando para R$ 0,16. A partir de fevereiro do ano que vem, o preço será R$ 0,10. Ou seja, as operadoras estão, na verdade, repassando uma redução de custos já implementada pela Anatel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here