Pacientes ficam cegos após infecção em mutirão de cirurgias de catarata

0

Pacientes ficaram cegos após cirurgia no mutirão de catarata realizada no dia 30 de janeiro. O mutirão aconteceu no Hospital das Clínicas do Alvarenga, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.

Das 27 pessoas que fizeram a cirurgia, 21 delas tiveram infecção ocular e alguns desses tiveram que retirar o globo ocular por causa da gravidade da contaminação pela bactéria pseudomonas.

A prefeitura de São Bernardo do Campo disse, em nota, que desde o início da semana, quando identificou as ocorrências após os pacientes procurarem o serviço municipal de urgência e emergência, a Secretaria de Saúde adotou um conjunto de medidas de urgência de assistência aos pacientes e familiares e também ações administrativas e de vigilância.
hospital
Segundo a prefeitura, a Vigilância em Saúde foi notificada e uma comissão interna de sindicância administrativa e de vigilância foi criada para apurar as causas do ocorrido. Exames laboratoriais realizados no Hospital São Paulo indicaram contaminação pela bactéria pseudomonas sensível, porém só haverá esclarecimento da origem da contaminação depois dos trabalhos de vigilância e da sindicância.

A Secretaria de Saúde informou que vai manter a assistência aos pacientes, com procedimentos de reabilitação e acompanhamento profissional após a recuperação cirúrgica.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here