Para se livrar de agressões, mulher manda matar marido e é presa no velório

0

Uma mulher, de 35 anos, foi presa nesta sexta-feira (16) durante o velório do marido, sob a acusação de ser a mandante do crime que acabou com a morte do esposo, Flordinaldo Kister, de 41 anos. Na delegacia, ela confessou o crime e disse que era constantemente agredida e, por isso, encomentou a morte do marido. O crime ocorreu na quarta-feira (14), em Buritis (RO), a mais de 300 quilômetros de Porto Velho.

Publicidade

Lucas Torres, delegado responsável pelo caso, explicou que os policiais chegaram na suspeita após analisarem câmeras de segurança. Nas imagens, e viram que somente a esposa e o enteado tiveram acesso ao local do crime.

“Nós buscamos ela no velório da vítima. Levamos para a delegacia, apresentamos algumas provas que nós tínhamos e ela começou a entrar em contradição e não conseguiu apresentar uma versão para explicar as provas da polícia, que indicavam a participação dela. E aí ela acabou por confessar e disse que havia contratado uma pessoa pelo valor de R$ 6 mil para assassinar o marido”, disse Torres.

O filho da acusada também foi preso. “Temos a suspeita de que o enteado da vítima conhecia o plano da mãe, pois as câmeras mostram ele entrando na residência mais de uma vez depois que a vítima já estava em óbito. Eles levaram muito tempo para acionar a PM e, provavelmente, ele tinha conhecimento do plano e estava auxiliando a mãe conforme o planejado. Como ele apanhava, possuía motivos em tese para o crime”, explicou o delegado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here