Policial diz que deputado do DEM o chamou de “neguinho” na Assembleia

0

O sargento Lourival Araújo, da Polícia Militar, está acusando o deputado estadual Targino Machado (DEM) de injúria racial e agressão, que teria ocorrido durante o tumulto da Assembleia Legislativa da Bahia do último dia 9. Marcelo Nilo (PDT), presidente da Al-BA, afirmou que encaminhou o caso para o Conselho de Ética da Casa. Targino teria desferido quatro tapas e se referido ao PM como “seu neguinho”, segundo depoimento do sargento e confirmação de outros três policiais.

Targino ainda não se pronunciou oficialmente sobre as acusações. Vale lembrar que no dia da confusão, os deputados Sandro Régis (DEM) e Targino Machado foram ao local do tumulto afirmar que os policiais não poderiam agredir os estudantes. No dia seguinte ao tumulto, o sargento Araújo disse que foi agredido e chamado de “neguinho”, em ofício encaminhado ao coronel Yuri Lopes, chefe da Assistência Militar da Presidência da Assembleia. O coronel, por sua vez, encaminhou termos de declaração de Araújo e três testemunhas a Nilo.

37060-3

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here